Você já tem seu mural no Pinterest?

Imagine o seu quarto de adolescente. Em uma das paredes, você coloca vários quadros e cria um rótulo, uma legenda para cada um deles. Você escolhe o que vai colocar em cada um desses quadros. Pode ser fotos dos seus amigos, fotos de jogadores do seu time, imagens de quando você era criança, as capas dos álbuns que você mais gosta de ouvir, etc. Pois, o Pinterest, o mais recente fenômeno nas mídias sociais, faz algo semelhante, só que na internet. Nele, você tem um grande mural para organizar aquilo que você gostaria de guardar da web ou de seu computador. Você pode criar “boards”, quadros definidos por temas, e neles incluir seus “recortes”, fixados pelos “pins”. Ao abrir a página do Pinterest de alguém, você se depara com um mural de recortes, uma parede virtual, com quadros cheios de imagens que ao serem clicadas exibem algum conteúdo ou lincam para uma página em um outro site da internet.

Você pode seguir o Pinterest de alguém ou somente um determinado board, dar um “like”, comentar ou até colocar um pin e copiar um desses recortes para um dos quadros do seu próprio mural. Você pode ver o que foi compartilhado por quem você segue ou selecionar um tema e nele navegar por tudo o que foi compartilhado no Pinterest. Além disso, a busca é um grande instrumento para encontrar conteúdos, principalmente se você quer monitorar algo sobre sua marca ou um produto. Quem usa sites como Delicious, Evernote e outros verá no Pinterest algo semelhante, mas com uma evolução visual muito grande e uma indexação muito mais simples.

Para criar uma conta no Pinterest ainda é necessário obter um convite, mas o crescimento da rede é espantoso. Um relatório da Hitwise mostra que em uma semana, em meados de dezembro, o Pinterest recebeu 11 milhões de visitas, 40 vezes mais do que havia recebido 6 meses antes, na última semana de junho. Veja o gráfico abaixo:

Outro levantamento, da Shareholic, mostra que para as publicações, o Pinterest já gera mais tráfego do que YouTube, Google + e Linkedin somados:

Meios de comunicação americanos já usam o Pinterest para expor links de suas coberturas ou para organizar conteúdos visuais. Eventos como New York Fashion Week e a entrega do Grammys, por exemplo, já ocuparam bons espaços nessa mídia social. É hora de acompanhar o que está sendo feito e testado, mas é fundamental que também façamos os nossos testes porque os públicos são distintos. No Brasil, só vi até agora uma página, ainda vazia, da revista Capricho. Mas mesmo que a ideia seja esperar o crescimento da rede para decidir se haverá uso dela nas sua estratégia para mídias sociais, é muito importante agora o registro das marcas, a reserva do espaço no Pinterest.

Veja abaixo alguns exemplos de uso pela mídia americana. Chamo especial atenção para a página do The Wall Street Journal.

Time Magazine

The Wall Street Journal

Usa Today

Life

E há muitos outros como Mashable, Huffington Post, CNN iReport, The Next WebNewsweek etc. Você viu algum que chamou sua atenção? Compartilhe o link na área de comentários.

3 comentários sobre “Você já tem seu mural no Pinterest?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s