Uma solução do Kindle para o jornalismo

A indústria da mídia contribuiu raramente com soluções para a comunicação nos meios digitais. Esse papel tem sido cumprido com sucesso pela indústria da tecnologia e até pela publicidade. Entre as causas para isso estão normalmente o desconhecimento do meio, o apego aos formatos tradicionais que deram certo e o receio de contribuir com – ou apressar – a canibalização do negócio offline. O risco, nesse caso, não está somente na manutenção das iniciativas online, mas também na sobrevivência da empresa. Quando isso está em jogo, o pé direito tende para o freio.

A publicação recente das primeiras edições de revistas para tablets é um exemplo disso, mas poderia não ser. As publicações migraram para a tela do iPad levando consigo a mesma ideia de edição, de pacote, que dá resultado nas bancas e ainda sensibiliza leitores a renovarem suas assinaturas por mais um período. À essa reprodução, acrescentaram algum conteúdo em outras linguagens, sobretudo vídeo, e uma ou outra firula piscante.

Desculpem se insisto no tema, mas a Apple Store não é a banca e o iPad não fica na sala de estar, ele segue com o dono. A ideia de pacote, com mix de assuntos e periodicidade predefinida, está na contramão da corrida digital pelo fragmento, pela especialidade. É o atacado contra o varejo; é entregar a cesta completa para quem quer somente uma noz; é revirar no magazine quando há um especialista na porta ao lado.

Um produto que nunca vingou na indústria editorial, mas que cai como uma luva para os meios digitais, aparece agora nas prateleiras virtuais da Amazon e os blogs de comunicação têm falado dele nesses últimos dias. Kindle Singles pode não ser a solução, mas está no meio de um dos caminhos que levam até ela. Este é o nome de uma série de textos curtos ou artigos longos que a Amazon oferece em seu site. São aqueles textos que, no jargão da indústria livreira, não parariam em pé, referência a livros com menos de 70 páginas.

Comprei um desses singles: Gutemberg the Geek, de Jeff Jarvis, por indolores US$ 0,99, somente com um clique. Daria outro jeito para lê-lo se estivesse numa publicação maior que, por conta disso, demorasse mais tempo para download, trouxesse mais conteúdo que não me interessasse tanto e custasse obviamente mais caro.

A busca por Kindle Singles no site da Amazon traz mais de sete mil títulos, mas um deles me chamou a atenção. Como sempre nesses caos, já há um manual para publicar este tipo de texto, vendido também a US$ 0,99, How to Publish and Sell Your Article on the Kindle: 12 Tips for Short Documents, um investimento relativamente baixo para quem precisa buscar conhecimento.

Para saber mais, leia estes dois posts de Clases de Periodismo:
Los ebooks pueden ayudar a que sobreviva el buen periodismo
El periodismo encuentra su lugar en los ebooks (com um ótimo Storify sobre o assunto)

About Lüdtke (64 Articles)
Sou jornalista, coordenador no Master em Jornalismo Digital (IICS/Universidade de Navarra) e diretor de Interatores.com. Fui editor de online e plataformas digitais na Revista Época [2009-2011] e editor-executivo dos portais clicRBS e hagah [2001-2009] e publisher na Artes e Ofícios Editora [1991-1999].

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.527 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: